carro

Carros Chevrolet que foram descontinuados

Carros Da Chevrolet Que Saíram De Linha

Os veículos clássicos da Chevrolet sempre serão lembrados com carinho. O Opala, Chevette e Caravan, por exemplo, deixaram de ser fabricados, mas ainda encantam a todos que os avistam. Vamos conhecer alguns dos icônicos automóveis da Chevrolet que fizeram história.

Apesar do passar dos anos, alguns modelos antigos da Chevrolet ainda são muito populares entre os motoristas brasileiros.

Em clima de nostalgia, o artigo do catarinacarros lista sete modelos emblemáticos que não são mais fabricados.

Carros Chevrolet que não são mais fabricados: conheça os modelos icônicos

Assim, essa paixão frequentemente é transmitida de geração em geração, o que resulta na preservação e cuidado contínuo dos automóveis antigos.

Se você é um entusiasta de carros antigos, certamente vai se interessar em conhecer os modelos clássicos da marca Chevrolet que são muito queridos no Brasil. Descubra quais são eles!

Carros icônicos da Chevrolet que fizeram história

Lembrar dos Carros da Chevrolet que marcaram época nas últimas décadas não é uma tarefa complicada. Afinal, a Chevrolet sempre foi uma das marcas de automóveis mais importantes do Brasil.

No entanto, o aspecto mais crucial de todos esses modelos reside sempre na atenção e preservação que os proprietários dedicam aos seus veículos.

Confira a seleção dos carros da Chevrolet que deixaram sua marca no Brasil. Nesta lista, reunimos diversos modelos icônicos, tanto antigos quanto clássicos, que foram sucesso de vendas em nosso país.

Carros clássicos da Chevrolet que marcaram época de 1972 a 1994

Ao longo dos anos, a Chevrolet lançou uma série de modelos que foram reconhecidos como “Carro do Ano”. Em 1972, o destaque foi para o Chevrolet Opala. Dois anos depois, em 1974, foi a vez do Chevrolet Chevette receber esse título. A família cresceu em 1976 com o lançamento da Chevrolet Caravan, também eleita “Carro do Ano”. O ano de 1983 marcou a chegada do elegante e moderno Chevrolet Monza ao topo da lista. Na década de 90, dois modelos se destacaram: o Chevrolet Kadett em 1991 e o Chevrolet Omega em 1993. Por fim, em 1994, foi a vez do icônico Chevrolet Vectra ser coroado como “Carro do Ano”.

Chevrolet Opala: O Carro que Deixou de Ser Produzido em 1972

Entre 1968 e 1992, o Opala foi fabricado com duas opções de motores: um de 4 cilindros e outro de 6 cilindros. Essas opções estavam disponíveis para todas as versões do carro, desde as básicas até as luxuosas ou esportivas.

Mais tarde, ao longo de sua produção, o Opala foi reconhecido como um carro resistente e confortável, oferecendo bastante espaço para os ocupantes. Por esse motivo, a Revista Autoesporte escolheu o Opala como Carro do Ano em 1972.

Chevrolet Chevette: Um Carro Que Deixou de Ser Produzido em 1974

Na década de 70, a General Motors lançou o Chevette, um carro que se tornou extremamente popular no Brasil.

No entanto, calcula-se que até o fim de sua fabricação em 1993, aproximadamente 1,6 milhões de unidades do modelo foram vendidas. O pico de vendas ocorreu entre o final dos anos 70 e meados da década de 80.

Além disso, o Chevette conquistou o título de Carro do Ano pela Revista Autoesporte em duas ocasiões: 1974 e 1981. Em um marco histórico, o modelo se tornou o carro mais vendido no Brasil em 1983.

You might be interested:  Carros Esportivos 2023: As Melhores Opções de Compra

Chevrolet Caravan: Um modelo que deixou de ser produzido em 1976

No entanto, no final de 1974, a Caravan foi lançada com as alterações feitas na linha Opala. Ela estava disponível com dois tipos de motores: um de 4 cilindros (2.500) e outro lendário de 6 cilindros (4.100). Mais tarde, em 1978, uma versão SS da Caravan foi introduzida, oferecendo opções tanto com motor de 4 quanto com motor de 6 cilindros.

Carros que não são mais fabricados

Para os entusiastas do mundo automotivo brasileiro fica claro que esses veículos deixaram sua marca na indústria nacional antes de serem descontinuados pela fabricante Chevrolet. O Camaro sempre foi admirado por sua potência e design arrojado; já o Cruze conquistou muitos consumidores com seu conforto interno e tecnologia embarcada avançada para a época em que foi lançado.

Carros Chevrolet que foram descontinuados: Monza (1983)

O Monza foi introduzido no mercado como um modelo hatchback e, posteriormente, ganhou uma versão sedã alguns meses depois.

Para finalizar, o Monza conquistou a liderança nas vendas por três anos seguidos (1984, 1985 e 1986) e recebeu o título de Carro do Ano pela Revista Autoesporte nos anos de 1983, 1987 e 1988.

Sem dúvida, ele se destacava em termos de aerodinâmica e tecnologia, características que eram raras naquela época. No entanto, sua fabricação foi encerrada em 1996, com um total de 857.810 unidades vendidas.

Carros da Chevrolet que serão descontinuados em 2024

No ano de 2024, o Chevrolet Camaro dará adeus ao mercado nacional. Essa despedida marca o fim de uma era para os fãs do icônico modelo esportivo da Chevrolet. Além disso, outros veículos também deixarão de ser comercializados no Brasil, como o Chevrolet Cruze e Cruze Sport6 RS, a picape Chevrolet S10, os modelos elétricos Bolt e Bolt EUV da Chevrolet, o JAC iEV330P, Renault Logan, Renault Stepway e Nissan Leaf.

Lista dos veículos que se despedem do mercado nacional em 2024:

1. Chevrolet Camaro

2. Chevrolet Cruze e Cruze Sport6 RS

3. Chevrolet S10

4. Chevrolet Bolt e Bolt EUV

5. JAC iEV330P

6. Renault Logan

7. Renault Stepway

8. Nissan Leaf

Carros Chevrolet descontinuados: Chevrolet Kadett (1991)

A variante E do Kadett foi lançada no Brasil em 1989, inspirada no modelo alemão de 1984.

O Kadett foi um carro revolucionário no Brasil, trazendo diversas inovações para a produção de veículos. Foi o primeiro carro fabricado em série a utilizar vidros colados, tanto no pára-brisas quanto na parte traseira. Além disso, contava com suspensão regulável a ar, o que era uma novidade na época. Outro destaque do Kadett foi ser um dos primeiros carros a ter motor movido a álcool injetado, juntamente com o Monza em 1991. Por fim, ele também se destacou por possuir pneus série 65 (Kadett GS 1991), proporcionando maior estabilidade e aderência nas estradas brasileiras.

No entanto, o número de veículos Kadett fabricados no Brasil chegou a 459.068 unidades antes de ser substituído pelo Astra em 1999. Além disso, vale mencionar que o Kadett foi eleito pela Revista Autoesporte como o Carro do Ano em 1991.

Marcas de carro da Chevrolet

A Chevrolet oferece uma variedade de modelos, incluindo o Chevrolet Bolt, um veículo elétrico com excelente autonomia. Há também opções esportivas como o Chevrolet Camaro Conversível e Coupé. Para quem busca um carro compacto, temos o Chevrolet Cobalt e o elegante sedã Cruze. Se preferir algo mais versátil, há também o Cruze Sport 6 e Equinox. E para aqueles que procuram por um modelo econômico e prático, temos o Joy.

– Chevrolet Bolt

– Chevrolet Camaro Conversível

– Chevrolet Camaro Coupé

– Chevrolet Cobalt

– Chevrolet Cruze

– Ch

Carros Chevrolet que foram descontinuados: Omega (1993)

Uma das características notáveis desse produto era a sua excelente aerodinâmica, o desempenho excepcional, a segurança garantida, o conforto proporcionado e a qualidade evidente no acabamento.

Além disso, a Chevrolet trouxe inovações tecnológicas ao mercado automobilístico brasileiro durante o lançamento do seu carro. Essas novidades foram tão significativas que o veículo foi premiado como Carro do Ano pela revista Autoesporte em 1993.

O carro mais popular da Chevrolet

No primeiro semestre de 2023, a quantidade de carros emplacados foi maior do que no mesmo período de 2022. Foram registrados um total de 142.017 carros, enquanto no ano anterior foram emplacados apenas 133.566 veículos. Isso representa um crescimento de aproximadamente 7,37% nas vendas.

You might be interested:  O Carro Zero Mais Econômico Do Brasil

Dentre os modelos mais populares e procurados pelos consumidores brasileiros está o Chevrolet Onix, que lidera a lista dos carros mais vendidos atualmente. O sucesso desse modelo pode ser atribuído à sua qualidade, design atrativo e bom custo-benefício.

Esses números indicam uma tendência positiva para a indústria automobilística no Brasil durante o primeiro semestre de 2023, mostrando um aumento na demanda por veículos da marca Chevrolet e evidenciando a preferência dos consumidores por esse fabricante específico.

Carros Chevrolet que foram descontinuados

Com o decorrer do tempo, o Vectra se consolidou como um dos carros mais cobiçados no mercado automobilístico brasileiro.

O Vectra foi um carro que marcou a indústria automobilística brasileira. Seu lançamento em 1993 trouxe consigo uma tecnologia avançada, especialmente quando comparado ao seu antecessor, o Chevrolet Monza.

No entanto, entre 1994 e 1997, o Vectra recebeu o prestigioso título de Carro do Ano da Revista Autoesporte. Com suas características luxuosas e tecnológicas, o Vectra se tornou um dos principais produtos da General Motors do Brasil ao longo de seus 18 anos no mercado brasileiro, mesmo não sendo mais fabricado.

E aí, você gostou de lembrar dos caros antigos? Então, não deixe de nos seguir no Facebook e Instagram para receber mais notícias como esta.

Aqui estão três opções de carros para diferentes necessidades e preferências:

1. Carros clássicos e antigos: Se você é um colecionador em busca de modelos icônicos, a loja Super Auto Veículos oferece uma seleção exclusiva de veículos clássicos e antigos do Brasil.

2. Carros bons para revenda: Se você está procurando por carros que tenham bom valor de revenda, a Route Car Multimarcas tem os melhores modelos disponíveis no mercado atualmente.

3. Carros econômicos e com baixo consumo de combustível: Para aqueles que desejam economizar dinheiro em combustível, a Alcido Automóveis possui uma variedade de opções com excelente eficiência energética.

O Onix será descontinuado?

A Chevrolet decidiu temporariamente parar a produção do modelo Onix, mas isso não significa que ele vai sair de linha definitivamente. A montadora está preparando um novo carro para ocupar o lugar do Onix no mercado, porém ainda não divulgou detalhes sobre esse novo modelo.

Razões para evitar a compra de um carro descontinuado

Adquirir um carro que saiu de linha pode ser uma excelente oportunidade para aqueles que desejam ter um veículo mais completo sem gastar muito. Quando um modelo tem sua produção descontinuada, é comum que ele sofra uma alta taxa de desvalorização, o que torna a compra mais acessível. No entanto, é importante considerar também o impacto dessa decisão na revenda do veículo.

Ao optar por comprar um carro fora de linha, é possível encontrar modelos com tecnologias e recursos avançados por preços mais atrativos. Isso ocorre porque as montadoras costumam lançar novas versões dos seus carros periodicamente, fazendo com que os modelos antigos percam valor no mercado.

Essa desvalorização pode ser vantajosa para quem está comprando, pois significa pagar menos pelo mesmo veículo em comparação aos anos anteriores. Além disso, muitos carros fora de linha ainda possuem garantia e peças disponíveis nas concessionárias autorizadas da marca.

No entanto, é preciso estar ciente de algumas questões ao adquirir um carro fora de linha. A primeira delas diz respeito à manutenção do veículo: embora as peças estejam disponíveis atualmente nas concessionárias autorizadas da marca ou em lojas especializadas em autopeças usadas ou paralelas, no futuro elas podem se tornar escassas e mais difíceis de encontrar.

Outro ponto a considerar é a revenda do automóvel. Carros fora de linha tendem a ter uma demanda menor no mercado quando comparados aos modelos atuais. Portanto, caso você decida vender seu carro posteriormente, poderá enfrentar dificuldades para encontrar compradores interessados e obter um valor justo pela venda.

Cinco carros serão descontinuados

2 – Toyota Yaris Hatch: O Yaris Hatch era um carro popular da Toyota que conquistou muitos admiradores no Brasil. No entanto, a montadora japonesa optou por retirar esse modelo de linha, provavelmente devido à baixa demanda ou para dar espaço a outros veículos em sua gama.

You might be interested:  Kirk Magazine Luiza: Ajuste de Ponto

3 – Renault Stepway: A versão aventureira do Renault Sandero, o Stepway também saiu de linha recentemente. Com seu visual robusto e características off-road leves, ele atraiu consumidores que buscavam um carro com estilo diferenciado. No entanto, parece que a Renault decidiu focar em outros modelos dentro de sua linha.

4 – Chevrolet Equinox: Mais uma despedida na lista da Chevrolet é o Equinox. Esse SUV médio foi bastante elogiado pelo seu conforto e tecnologia embarcada. No entanto, assim como acontece com outros modelos nesta lista, as razões para sua saída podem estar relacionadas às estratégias comerciais da marca ou ao lançamento de novos veículos.

6 – Hyundai Tucson: Por fim, o Hyundai Tucson, um dos SUVs mais populares da marca sul-coreana, também deixou de ser produzido. Com seu design moderno e tecnologia avançada, o Tucson conquistou muitos consumidores ao longo dos anos. No entanto, a Hyundai decidiu encerrar sua fabricação para dar lugar a outros modelos em sua linha.

Esses são apenas alguns exemplos de carros da Chevrolet que saíram de linha recentemente no mercado brasileiro. A retirada desses modelos pode estar relacionada a diversos fatores, como mudanças nas preferências do público ou estratégias das montadoras para renovar suas linhas de produtos. Independentemente das razões, essas despedidas certamente deixam saudades nos admiradores desses veículos.

Carros descontinuados no Brasil

A Chevrolet, uma das marcas mais conhecidas no mercado automobilístico, já produziu diversos modelos de carros que fizeram sucesso ao longo dos anos. No entanto, alguns desses veículos saíram de linha e deixaram saudades nos amantes da marca. Um exemplo é o Chevrolet Vectra, um sedã médio que conquistou muitos admiradores com seu design elegante e desempenho potente. Outro modelo que não está mais disponível é o Chevrolet Astra, um hatchback compacto muito popular por sua versatilidade e conforto.

Outro carro da Chevrolet que também saiu de linha foi o Corsa Classic, um dos modelos mais vendidos da marca no Brasil. Com seu visual simples e robusto, ele era uma opção acessível para quem buscava um carro confiável para uso diário. Além disso, a picape Montana também deixou de ser fabricada pela montadora americana. Conhecida por sua capacidade de carga e resistência, ela era bastante utilizada tanto para trabalho quanto para lazer.

Além dos modelos mencionados acima, outros carros da Chevrolet também foram descontinuados ao longo do tempo. Entre eles estão o Agile (um hatch compacto), o Captiva (um SUV) e o Malibu (um sedã grande). Cada um desses veículos tinha suas características únicas e conquistaram seus próprios fãs durante sua trajetória no mercado brasileiro.

Embora esses carros tenham saído de linha, a Chevrolet continua oferecendo uma ampla gama de modelos atualmente em produção. Desde os populares Onix e Prisma até os sofisticados Camaro e Equinox, a marca busca atender às necessidades dos diferentes perfis de consumidores. Com tecnologia avançada, design moderno e desempenho confiável, os carros da Chevrolet continuam sendo uma opção atraente para quem busca um veículo novo.

Novo modelo de carro da Chevrolet?

O Chevrolet Equinox 2024 é um veículo que combina tecnologia avançada e conforto excepcional. Com design moderno e elegante, o Equinox oferece uma experiência de condução única para os seus ocupantes.

No quesito tecnologia, o Equinox 2024 conta com diversos recursos inovadores. Um dos destaques é a central multimídia MyLink, que possui tela sensível ao toque e integração com smartphones através do Apple CarPlay e Android Auto. Isso permite acessar aplicativos, reproduzir músicas e até mesmo utilizar assistentes virtuais durante a viagem.

Em relação ao conforto, o interior espaçoso do Equinox proporciona uma experiência premium aos passageiros. Os bancos revestidos em couro são extremamente confortáveis ​​e ajustáveis eletricamente para garantir uma posição ideal durante as viagens mais longas.

Outro destaque do Chevrolet Equinox 2024 é seu amplo porta-malas, que oferece espaço suficiente para transportar bagagens ou compras sem dificuldades. Além disso, os bancos traseiros podem ser rebatidos individualmente para aumentar ainda mais a capacidade de carga quando necessário.